A(cerca) do que nos cerca

 
Entre janelas, horizontes e vazios existenciais
 
Crônica visual de uma morte anunciada
 
Da estética à ética das manifestações artísticas contemporâneas
 
Vestígios na areia
 
As APROPRIAÇÕES do GRAFFITI (re)significando o urbano
 

Rio Grande: uma cidade, múltiplos olhares

No anonimato urbano sobreviveremos

Retratos, reflexos, reflexões: a arte de reconstruir trajetórias
 
Da memória ao desencantamento, as evidências do cotidiano
 
Olhares Viajantes
 
VIVARTE: o fazer artístico como ferramenta de desenvolvimento da auto-estima
 
Sob essa pele que nos encobre, recobre e des-cobre
 
Luz, sensibilidade e cotidiano
 
Entre Olhares: um ensaio visual sobre subjetividades